17 de março de 2010

Queda de eucalipto centenário na Pena (actualizado)



Recebi por email, reenviado por Pedro Macieira, do Rio das Maçãs, acompanhada de aterradoras imagens cuja autoria desconheço e portanto, por ora, não publicarei, a notícia da queda de um histórico eucalipto plantado por D. Fernando e Elisa Hensler, salvo erro, junto à Feteira da Condessa. As intensas chuvas de há quinze dias deverão ter estado na origem da queda — mas há que averiguar se foram tomados todos os cuidados tendentes a evitar a queda. Que me conste, a entidade gestora não se pronunciou ainda sobre o sucedido. A acompanhar nos próximos dias...

Actualização: Nem me tinha lembrado de que esse eucalipto é o que aparece na coluna lateral deste espaço (Gente Boa), na foto de Azevedo Gomes. Constatação que ainda mais me entristece...


Mário de Azevedo Gomes junto ao eucalipto agora derrubado, que se revestia de grande valor afectivo para os descendentes de Elise Hensler e para todos os amantes da Pena.

7 de março de 2010

O capitão




Aqui há dias, estava a almoçar no Búzio quando reconheci uma pessoa sentada umas mesas adiante. E não é que, se não me tivesse contido imenso, teria pedido um autógrafo pela primeira vez na vida? 

Terraço da Pena convertido em convés


Fonte: Hemeroteca


Em 1916, o número 548 da Ilustração Portugueza dava notícia de uma convívio entre marinheiros portugueses e ingleses na Pena, por sinal muito concorrido.

4 de março de 2010

Guglielmo Marconi, Sintra, 1920


Fonte: Hemeroteca

Na Ilustração Portugueza, nº 741, de 1920, respiguei este apontamento sobre a vinda a Sintra do Nobel da Física de 1912.